Tag Archives: notícias

Em SP, Associação entra em acordo para supermercados fornecerem sacolas ou descontos para quem levar de casa

O Procon e a Apas, associação que reúne as principais redes de supermercados que atuam no estado de São Paulo, firmaram um acordo que vai garantir que o consumidor possa usar duas sacolinhas sem pagar e ter desconto na compra caso leve sua sacola retornável de casa.

Desde 5 de abril entrou em vigor lei sancionada na gestão Gilberto Kassab (eleito pelo DEM) e regulamentada por Fernando Haddad (PT) que proíbe o uso de sacolas plásticas derivadas do petróleo. A lei não fala da cobrança pela embalagem, mas permite a oferta de modelos feitos com material reciclável e que podem ser reutilizados para lixo orgânico e coleta seletiva,

As medidas do desconto e das duas sacolas gratuitas foram anunciadas nesta terça-feira (28) e começam a valer a partir de 11 de maio. No caso das duas sacolinhas de graça, a medida vale por dois meses, até 10 de julho. Já o desconto para quem levar sacola retornável valerá por seis meses, até 10 de novembro. O desconto vai ser de R$ 0,03 a cada cinco itens comprados ou R$ 30 gastos.

Segundo a diretora-executiva do Procon, Ivete Maria Ribeiro, o desconto vai “desembutir” o custo das antigas sacolinhas nos valores dos produtos.

Sobre a concessão de duas sacolinhas, o prazo de 60 dias é apontado como razoável pelo Procon. “É um prazo razoável para buscar a desagregação do hábito do uso das sacolas, tendo à disposição o uso de duas sacolas emergenciais”,   diz Ribeiro.

“A nossa campanha será no sentido de que as pessoas levem a sacola de casa. É assim que as pessoas fazem nos Estados Unidos e na Europa”, completou a diretora, citando a importância para o meio ambiente de não descartar sacolinhas.

A diretora definiu o acordo como o “acordo possível” e lembrou que a lei que proibiu a distribuição das antigas sacolinhas não proíbe a cobrança pela venda. Outra medida prevista no acordo é a venda de uma “ecobag” com desconto.

O Procon considera a cobrança abusiva. Para o Procon, essa cobrança se enquadra em “vantagem manifestamente excessiva”, proibida pelo artigo 39, parágrafo V do Código de Defesa do Consumidor. “No cômputo dos valores das mercadorias já está embutido o custo da sacola. Seria excessivo porque é uma cobrança dupla”,disse Ivete na ocasião.

No último dia 18, a Justiça de São Paulo negou pedido de liminar que pretendia derrubar a cobrança por sacolinhas nos supermercados de São Paulo. Autora da ação, a SOS Consumidor defende que a cobrança é indevida. Nesta semana, o juiz Rafael Takejima, da 10ª Vara Cível da capital, considerou que o valor cobrado é simbólico. Reportagem do SPTV mostrou que alguns comércios chegam a cobrar até R$ 0,23 por sacola

Outras medidas
Os supermercados vão ter que participar de uma campanha de conscientização sobre as vantagens do uso de sacolas retornáveis. Vão ter ainda que dar descontos nas compras das “ecobags” e informar com clareza o valor da compra das sacolinhas.

Segundo a diretora, uma das dificuldades para a implementação do acordo é a implantação dos descontos nos sistemas de supermercados menores, já que o desconto deverá ser calculado automaticamente nos caixas.

Supermercados menores poderão oferecer cestas básicas ou sorteios de prêmios para compensar o consumidor.

Via G1

Hiperligação

Diversas novidades chegam no mais recente Cumulative Update divulgado na Convergence Europe em Barcelona para o Microsoft Dynamics AX 2012 R3. Com previsão de disponibilidade para este mês, podemos destacar alguns pontos para o setor de Varejo:

Retail

  • Nova aplicação de ponto-de-venda na interface Modern (mPOS)
  • Suporte para os periféricos das estações de PDV
  • Ferramentas para controle de publicação e processo de check-out com soluções terceiras de e-commerce.

Supply Chain Management

  • Gestão de estoque: agora com o recurso de variantes de produtos (grade) no warehouse, reservas de estoque parciais e em lote, armazenamento e redistribuição e manuseio de kits.
  • Gerenciamento de transporte: recursos de automatização no conhecimento de embarque facilitando  a movimentação de números elevados de encomendas, entre outros.

Via MSDN Blogs

Zona Franca faz NF-e 3.10 ser postergada para Março de 2015

De acordo com a última atualização, devido a problemas operacionais no uso do leiaute 3.10 para mercadorias a serem incorporadas na Zona Franca o uso da versão 2.0 foi prorrogado até Março de 2015.

Os detalhes de outras alterações no texto e nas regras de validação podem ser consultados na Nota Técnica 2013.005 v1.10, de Outubro de 2014.

Via Portal NF-e

Cielo e Linx: join venture para 2015

thumb-180603-cielo-resized

A Cielo e a Linx anunciaram a criação de uma join venture para atender os pequenos varejistas (com até 5 estabelecimentos) com solução cloud.

Segundo o presidente-executivo da Cielo, Rômulo Dias, uma pesquisa feita com mais de 800 proprietários ou responsáveis pela gestão de estabelecimentos dos segmentos de alimentação e vestuário concluiu que 52% dos entrevistados não possuem automação comercial.

 

via Infoexame

Cibercriminosos infectam 1,5 mil PDVs em 36 países. Brasil está na lista

A IntelCrawler, empresa especializada em cibersegurança descobriu uma gigantesca operação que infectou com programas maliciosos aproximadamente 1,5 mil terminais ponto-de-venda, sistemas de contabilidade e outras plataformas de gestão de varejo em 36 países, incluindo o Brasil.

Outros países envolvidos são Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Austrália, China, Rússia e México. São vários os sistemas afetados, como por exemplo o LinxPOS que é bem conhecido no país. A lista completa está disponível para download no blog da companhia.

O tamanho do estrago dessa botnet reascende a discussão sobre os problemas de segurança em sistemas de varejo, como as recentes invasões de PDVs em grandes redes de lojas dos Estados Unidos. Aqui no Brasil nunca foi utilizada uma política sólida de segurança da informação nas implantações de PDVs e Backoffice. O que mostra que as estratégias devem ser revistas, já que o segmento está na mira dos cibercriminosos.

 

Via IDGNow